quinta-feira, 3 de setembro de 2009

Ética no jornalismo


Para quem está começando nesse mundo jornalistíco, assim como eu, e quer um livro bom para ler, aí está um que é mara!
Fiquei sobre ele no blog do próprio Christofoletti (http://www.monitorando.wordpress.com/), e como precisava fazer um trabalho sobre ética, fui logo comprar. E confesso, entre os cinco autores que tive que ler, esse foi o que eu mais gostei!
O livro carrega uma leitura fácil e gostosa, sem textos maçantes e difíceis de entender. Você aprende um monte de coisa bacana e nem vê o tempo passar.
E ainda, o capítulo final traz 10 questões para pensar, onde o autor deixa boas perguntas para reflexão.

O capítulo que eu escolhi para desenvolver para a faculdade foi Pontos de partida para a discussão. Nele, o autor fala sobre cinco mitos que ouvimos sobre ética na sociedade, e desmente e comenta cada um deles. Achei ótimo!
"O professor de ética profissional nãp pode esperar que "ensine" valores para seus alunos, moldado-os para o mercado de trabalho e para os dilemas que enfrentarão, nem se iludir, pensando que está catequizando seus pupilos. Seu caminho passa mais perto de provocador do que pastor."

Além desse capítulo, houve outro em especial que me chamou muita atenção: cobertura esportiva. Enquanto muitos veículos decidam por preservarem o time de seus jornalistas, o jornal Lance faz o contrário. Ele nomina as preferências de seus colunistas logo abaixo da assinatura dos textos.
Mesmo que eu não me interesse muito por jornalismo esportivo, o conceito me fez pensar. O tradicional é sempre manter a pluralidade na hora de redigir um texto, porém, quem sabe a saída para obter maior transparência e equilibrio está em mostrar as regras do jogo?

Em tempos de sensacionalismo, impresso-com-jeito-de-tv e queda do diploma o que nos resta é ser éticos. E nada melhor que boas leituras e pesquisas para começar!

11 comentários:

Patrícia disse...

eu sinto falta desse tipo de livro. Tenho um sobre comunicação que é muito bom, velhão, mas que leio de vez em quando.

*Lusinha* disse...

Legal você se preocupar com ética assim. Porque as pessoas já nem lembram mais o que é isso.
Bjitos!

Carolina disse...

Eu tinha vontade de fazer Jornalismo, fiquei com a Publicidade. Mas o livro me interessou bastante! Bj

Mah Trevizan disse...

Olá! :D
Gostei do post ^^
Já pensei em prestar vestb. pra Jornalismo... Mas não sei! haoiuhaoaihaoiuha, nada como muitas pesquisas pra ver no que dá! ^^

seu blog esta lindo, parabéns.!

um beijo :*

P.s: faço minhas as palavras da *Lusinha* ^^

Rogério Christofoletti disse...

Obrigado pelo post e pela leitura!
Parabéns pelo blog!
Abraço

Priscila Rôde disse...

"Em tempos de sensacionalismo, impresso-com-jeito-de-tv e queda do diploma o que nos resta é ser éticos. E nada melhor que boas leituras e pesquisas para começar!"

Você disse tudo, essencial!

Fernanda Rodrigues disse...

adorei sua dica! também estou no 2º semestre de jornalismo, e a maioria dos livros que tenho que ler ´não tratam sobre jornalismo mesmo. gostei muito :]

e adoreei seu blog! vou passar a frequentar sempre, já linkei! ;)

bjss :*

Debbys disse...

Há, com certeza viu!!! Nesses tempos né, o pessoal faz o jornalismo cair tanto... mas é isso ai, bom saber que ainda formarão jornalistas com atitude como vc.. xD
bjusss

Nanda disse...

Ah não vejo a hora d eprestar vestibular no fim doa ano logo e passar pra jornalismo!
Um sonho que ta tao pertooo! Com certeza vou ler esse livro ;)

g.a.c.s:. disse...

Nossa esse assunto de artigos esportivos eh mtooo interessante, tenho uma amiga q esta fazendo um projeto cientifico inteiro baseado em midias esportivas!

Sofia disse...

Oi, hoje é meu aviversário! Me dá parabéns! (http://pirulito-no-palito.blogspot.com/) É que eu tô muito feliz e recebi poucos parabén(s) no orkut, ai deprimiu.
beijos, Sofia (versão 1.4)

*desculpa o comentário, ctrl+c ctrl+v