terça-feira, 16 de junho de 2009

Água para elefantes

O lado mais bacana de ler esse livro foi a minha ignorância em relação a ele. Primeiro eu não sabia de sua existência e segundo, logo no começo quase desisti dele por não gostar do jeito que a autora escrevia.
Mas depois de mergulhar nessa história de circo eu fiquei tão maravilhada que não conseguia largar. É um misto de passado e presente, onde Jacob conta seus anos no circo e sua atual vida numa casa de repouso. A elefanta Rosie rouba a cena com sua inteligência, mesmo sendo chamada de 'burra como uma porta' pelos criadores do circo. É uma história de amor, de dificuldades e de alegria e parece (meeeeeeesmo!) que você está dentro do espetáculo vivendo os absurdos de Tio Al.


"E daí que eu tenha 93 anos? E daí que eu seja velho e entrevado e meu corpo uma ruína? Se eles estão a fim de me aceitar, a mim e à minha consciência culpada, por que eu não deveria ir embora com o circo? É como Charlie disse ao policial. Para esse velho aqui, esta é sua casa."

7 comentários:

Joy disse...

mais uma pra minha lista de desejados.. estacionei num livro e agora não desenpaco!!!


bjos

Dê Lima disse...

Parece bem legal esse livro!
Talvez eu leia! ;)

Debbys disse...

Pois é, já aconteceu isso comigo em diversas vezes. Peguei o livro e achei que seria ruim, mas depois, foi uma maravilhaa!! xD
bjusss

Nanda disse...

Ah que lindo!
Deu vontade de ler!
É dificil de achar?

beijo ;*

Francisca Nery disse...

que delicinha, quero LEEEER!!! teu blog tá mara querida (:

jacque°~ disse...

Eu ja ouvi falar desse livro. parece ser tão lindo, e tão lição de vida.

tenho um amigo que vive no circo, mais circo moderno sabe como é. sem animais ( por sorte), e sem tantas aventuras; só a estrada. =)

Ana Julia disse...

oii, passando para conhecer.
visita o meu ??

E em breve comprarei esse livro. ;)
Amoo ler.

bjos'