sábado, 30 de maio de 2009

Ganhadora do BBB

Vinte e quatro horas e um milhão. Pode acreditar que é mais difícil do que parece!
É a mesma coisa daquelas promoções de supermercado: "coloque tudo no seu carrinho em 5 minutos." Quando o tempo acaba, você percebe que comprou produtos de limpeza ao invés de seus chocolates preferidos.
Então, se eu tivesse com toda essa grana no bolso eu não cometeria os mesmos erros, deixaria a segurança pra trás e aplicaria cada centavo em sorrisos.
Compraria um apartamento lindo, uma boa poltrona reclinável e uma estante pra livros. Só pra sentar, tomar um capuccino e ler sem ter hora pra acabar.
Iria para o shopping e gastaria com todas futilidades que me fizesse gargalhar! Blusas, bolsas, sapatos. Presente pro pai, pra mãe, pro namorado, pros irmãos. E claro um estoque de caixinhas de macadamia com canela e açúcar.
Seria uma milionária pirua e desvairada. Iria pagodiar a noite toda, experimentar todos os sabores de caipirinha e contar piadinhas para as pessoas rirem.
E antes do dia acabar e meu rico dinheirinho virar vapor, daria um troquinho gordo pro
guardador de carros e embarcaria direto para Nova York.
Agora, como eu iria me virar no outro dia, num país diferente e sem dinheiro, é uma outra história.


Pauta para Capricho: O que você faria se tivesse um milhão de reais para gastar em apenas um dia?


SOBRE CELULARES E MICOS


Sou a rainha dos micos. Tropeço, caio, perco tudo ao meu redor. Desconfio que na minha testa esteja escrito: perigo! Mas meu último mico venceu as expectativas.
Meu celular não é o dos melhores, coitadinho. Ele nem chega perto de ser um celular, é vermelho, todo riscado e sem a capa da bateria, mas ele fala e isso que me importa.
Ele mora na minha bolsa, nunca sai pra passear, mas esse dia ele resolveu dar um rolé.
Já era noite, tinha acabado de sair da faculdade, passei na casa do namorado e só depois fui lembrar do coitadinho do celular, e cadê ele? Não estava na bolsa.
Ah, tudo bem, devo ter deixado no carro, pensei inocente. No outro dia procurei no meio dos bancos e nada! Mas celulares são assim mesmo brinclhões e adoram se esconder.
Resolvi praticar o ato mais humano nessas situações: disquei nele para o ouvir tocar e tcharam... uma voz estranha atendeu.
O moço começou falar que tinha achado o cel no meio da rua e que ele estava na avenida tal e era pra mim ir lá buscar o celular.
Fui eu e minha mãe. Ela chegou a conclusão que iria colar minha cabeça, pra não precisar também busca-la com alguém. Ficamos meio hora andando a pé na avenida para achar o moço. Confundimos as pessoas. Perguntamos coisas pra quem não tinha nada a ver. Até que achamos o tiozinho! E sabe o que ele estava fazendo? Batendo um papo no meu celular com o meu namorado.


Pauta pra revista: qual o maior mico que você já pagou?

6 comentários:

Camila Colossi disse...

nhaa ficou legaal HAHUAHUA
eu 1º iria viajaar para o exterior, espanha *-*

Debbys disse...

Um milhão pra um dia só é difícil mesmo.. eu ia fikar meio louca, ma a primeira coisa que eu compraria seria um notebook... ui ui.. kakakakaka..
Adorei o texto!!! ^^
bjinhuss

Luisa Pinheiro disse...

Nossa, acho que você conseguiu compras mais coisas do que eu! uhehueuhehue.
Mas engraçado que você "comprou" o apartamento, a poltrona, a estante... mas não comprou livros! hahaha
beijos

Tailany Silva disse...

Eu queria ir pra Europa e Disney! Good trip! :D
Ameei teu blog! :D

Aléxsia disse...

As coisas mais essencias passariam despercebidas com 1 milhão pedindo : - Me gaste, me gaste.

*Lusinha* disse...

Um milhão em um dia? Não sei por onde começaria, porque destinação para toda essa grana eu tenho com certeza. ;) E isso incluiria muitas compras no shopping. hihihi

Micos? Todos relacionados a minhas quedas no chão. Na parada de ônibus, no metrô, no posto de gasolina. hihihi

Bjitos!