terça-feira, 24 de março de 2009

Sai com a cara pra lá!

É um pouco dificil saber o quanto os irmãos são importantes pra nós, ainda mais os meus, já que vivemos entre tapas e beijos, mas na hora que a gente para pra pensar vê que sem eles a gente se sente sozinho no mundo.
Não que filho único seja sozinho, eles se apoiam em outras bases, mas nunca irão saber o que é ver seu irmão mais velho jogar um pedaço de torta de frango nas costas da sua irmã.
Eu tenho uma loira farmaceutica e um clone engenheiro comigo. Uma tá perto pra me por no colo quando eu choro, e outro tá longe mas presente todos os dias no soninho depois do almoço (mas quem sabe vai ficar pertinho de novo!) e eu A-M-O ser a caçula mimada dos dois!
Enfim, por mas que você arranque a tecla do computador dos seus irmãos, bata o telefone na cara, seja um tanto grossinho de vez em quanto, vão ser eles que estaram lá pra te levantar mais pra frente. Ninguém sabe quanto a vida acaba, mas pelo a ordem 'natural' das coisas, vão ser eles que no futuro te farão lembrar da sua familia no passado.
E quando chegar a hora de sentarmos numa mesa de bingo para contar nossas histórias espero que seja igualzinho ontem na hora da foto:
DANIELA VOCÊ ESTÁ PESADA.
O MARCELO MEU, FAZ CARA DIREITO.
AAAAH DESGRUDA VOCÊS DUAS.

Um ótimo final de semana, o melhor de março.

8 comentários:

Jessica Santos disse...

Nem sempre ter irmãos quer dizer sinal de cumplicidades. Eu tenho 2, uma que me odeia outra que me ama! A vida é assim né? Seu blog tá de parabens! bgs

Gabriele disse...

Lindooo post! Irmãos são perfeitos! Não poderiamos escolher melhor não é mesmo? :D Encontrei seu blog no site da Capricho, tah lindo viw! ^^ Bjuus

Marcelo disse...

Estar perto é bom...ficar longe...é foda...Voltar seria ótimo!!!

Curti demais...

Meu clone de saia!!!!

Beijosss

Juliana disse...

Como é bom ter vcs!!
Era uma louca quando eu falava que
queria ser filha unica!
Vcs são um pedaço de mim!

Debbys disse...

É verdade viu... Aqui em casa tbm é assim.. Eu e minha irmã vivemos entre tapas e beijos. Eu às vezes esqueço que sou a caçula, um dia ela lembra que é a mais velha... AHUahUahuAHUAhuAA.. mas não quero ficar longe dela por nada desse mundo tbm.. xD
Gostei de vc ter curtido meu blog.. tá no início mas daquia pouco ele vai estar cheio de coisas.. ^^
bjuss

Robbie Jacks disse...

Putz, que bom que vc se da com seus irmaos... o meu e eu somos soh tapas, nunca beijos... :/

Patrícia disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Patrícia disse...

"Ninguém sabe quanto a vida acaba, mas pelo a ordem 'natural' das coisas, vão ser eles que no futuro te farão lembrar da sua familia no passado."

Perfeito. Penso assim. Minha irmã, apesar da diferença grandona de idade (10 anos) é muito, mas muito especial pra mim.
Detalhe: não moro com meus pais, moro com ela, que até família já tem... ela é meu presente.