quinta-feira, 28 de janeiro de 2010

Só vivendo

Não sou aquelas românticas à moda antiga. Mas, confesso que tenho o coração bem molinho para os dias atuais. Quando me perguntam, sempre falo: sou a favor do amor! E sempre tento concilia-lo aos meus projetos pessoais. Sei que algumas vezes definitivamente não dá. Temos que escolher em que lado estamos.
Nunca estive frente a frente com uma grande escolha e hoje seria impossível falar o que eu faria. Só vivendo para saber. Mas, uma coisa é fato, sempre que algo desse errado eu iria pensar "E se eu tivesse escolhido o outro caminho?".

Sonho em coexistência, mesmo sabendo que ela pode ser uma grande utopia. O amor, em certas horas, é egoísta e não que a outra metade se torne inteira. Só acho que nessa loucura que anda o mundo, farto de falsas promessas de amor e ciúmes exagerado, temos que pensar muito antes de qualquer escolha. Afinal, algumas oportunidades nunca voltam. E isso vale para qualquer um dos lados.


Pauta para Capricho

12 comentários:

Debbys disse...

essa coisa de escolha me incomoda tanto!!!!!!
tipo, às vezes até acho que tomo decisões precipitadas, mas se eu pensar mt enlouqueço!
bjsssss

Joy disse...

Ai ai!
Eu concordo que hoje vivemos ou vemos tanto amor exagerado...
As pessoas demonstram um sencasionalismo meio bocó demais!

bjos

Priscila Volturi disse...

muito bom, amei mesmo!

Patrícia disse...

Eu concordo. A pessoa que eu tou gostando me disse que ia morar fora e eu fiquei com o coração apertado, mas disse que entendia, que eu já não morava no mesmo lugar que ele e que se ele quisesse crescer, sair dali eu ia entender essa escolha. Ainda bem que ele vai ficar no interior por pelo menos um ano. :D

Carol disse...

As vezes penso que o amor não é um sacríficio, e por isso, se temos que escolher entre ele ou outra coisa, talvez não fosse tão verdadeiro assim!

chinfra disse...

gostei do ponto de vista sobre o amor.

e cara é isso, bota a cara pra viver.

Belisa Cardoso disse...

Caramba!Essas escolhas da vida,são sempre tão incomodas.
Mas, ás vezes parecem ser necessárias...
Que droga né?!

Andréia disse...

vejo um amor como uma valvula de escape p todo esse caos.

beijos

. Nath ~' disse...

aah, essas escolhas da vida ! só vivendo mesmo! amei o texto *--*

LETÍCIA disse...

e foi por causa de uma atitude mal tomada que eu deixei de viver muita coisa, através dos desenganos do amor. :/
--------------------------------
Adorei seu blog. Perfeito! Curto seus textos. Continue assim, parabéns.
Se quiser seguir o meu, será muito bem-vinda! ;)

Anônimo disse...

qro divuldar meu blog..
Aprendendo a viver!
www.aleetdb.blogspot.com

Aline disse...

divulgando blogg
www.apenas-delirios.blogspot.com