quinta-feira, 30 de dezembro de 2010

Um pouco de 2010

Adoro retrospectivas. Desde as mentais depois de um dia cheio até as mais longas, que mostram um ano inteiro de feitos. Acho que elas apontam acertos e erros e nos fazem pensar onde e como podemos melhorar e ajudam a sermos diferentes no ano que está chegando. E consequentemente são um passo para evoluirmos...

Esse ano foi muito diferente pra mim. Com certeza um ano de mudanças. Um ano 10. Só para combinar.
Deixei de ser um pouco mimada e fui trabalhar, aprendi, quebrei minha cara algumas (ou muitas) vezes e comecei a tentar controlar o tempo. Perdi. Não consegui. Percebi que a palavra certa para lidar com ele é organização.
Dividi meu dia em fatias. Muito gostosas por sinal. Porém algumas delas foram roubadas pelos famosos ladrões de paciência. Não aceitei,  as pedi de volta e me senti mais dona do meu nariz. 
Ganhei sobrinhos, pequenos tesouros que ocupam um lugar imenso no meu coração. Se eu já amava meu irmãos e os tinha como exemplos, esse ano o amor duplicou. O João Vitor e a Catarina viraram minhas novas paixões e tentei também dividir meu tempo com eles.
A faculdade foi ganhando forma, sabor. Percebi que definitivamente é isso que quero fazer: jornalismo. O segundo ano exigiu muito mais dedicação do que as matérias básicas do primeiro. Dei o máximo de mim. E o resultado apareceu. O estágio no final do ano foi um prêmio. E eu me agarrei a ele de forma grande e avassaladora. Não precisava ter final, mas já que teve, foi delicioso.

Resgatei e deixei mais forte amizades do passado. A melhor amiga de todo o mundo voltou a fazer mais parte da minha vida. Uma parte ainda pequena comparada ao passado, mas essencial. E agora, vai ser coleguinha, companheira e tenho certeza, que uma excelente profissional.
O amor continou firme e forte. Vai ser eterno enquanto durar, com certeza uma grande pessoa para se ter ao lado. Um carinho imenso.
Conheci pessoas e voltei a ser mais eu. Acho que estou acertando no tom. Claro que teve aqueles dias que cheguei em casa pensando "Por que eu falei isso?"... mas são esses pensamentos que me fazem crescer.

Em 2011 há uma grande expectativa. Daqueles que fazem borboletas no estômago. Hoje, antes de escrever, eu estava meia pra lá. Mas me veio uma onda de felicidade muito forte quando percebi que o ano só me fez bem e que vai ficar marcado como começo dos meus voos. Quero ir bem alto e mesmo algumas pessoas falando que ainda estou demorando, eu discordo! A vida corre rápido e eu fiz de tudo pra poder aproveitar todos os segundos.

Amanhã é pé direito, roupa branca e muita vontade, muita garra e uma corrida desenfreda para a luz. Quero, posso e vou. Estou aguardando mudanças.
Vem com tudo 2011!

4 comentários:

Juliana disse...

pois é Dani, 2010 foi maravilhoso pra todos nós!to amando você como titia, você se dedica mesmo! E me orgulhei quando arregaçou as mangas e foi trabalhar ( mesmo não precisando disto neste momento de sua vida.Você merece que seu 2011 venha com tudo mesmo, com todas as portas abertas!Torço por você! te amoooo! bjos

Natália disse...

Não gosto muito de retrospectivas. Beijo

Debbys disse...

aewwww!! ah dani, que bom que, apesar dos grandes desafios, 2010 foi um ano assim, tão cheio de conquistas.. e estágio é algo realmente digno de comemoração hein! e a revista? não saiu uma segunda não??
feliz 2011!!!!! bjusss

Vanessa disse...

Eu tbm adoro retrospectivas. Pelo jeito 2010 foi um ano bom, o meu tirando os altos e baixos tbm foi mara *-*
Feliz 2011 :D